domingo, 16 de maio de 2010

Moralização já!

Foto - Jhonatan Campos - GP
O movimento que começou com protestos isolados de alguns partidos políticos e da seção paranaense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PR) cresceu e hoje 28 entidades representativas da sociedade civil cobram mudanças na Assembleia Legislativa do estado. Lançada há duas semanas pela OAB-PR, a campanha “O Paraná que queremos” defende o combate à corrupção e à impunidade, diante da série de denúncias que assolam o Legislativo paranaense. A iniciativa conclama a população a não deixar que os escândalos sejam colocados “para debaixo do tapete” e a trabalhar pela “valorização de um Paraná justo, honesto e à altura de todos os paranaenses”. (GP) Leia mais

8 comentários:

  1. Chiste, diz:

    Soraia, parabéns pela matéria, repassei para a mídia e aos meus amigos, mencionando a fonte consultada.

    ResponderExcluir
  2. Soraia!!!!

    Hoje é seu aniversáriooooooooooooo!!!!! Não vai anunciar o povo aqui para receber os parabéns???? hehehehe.
    Felicidades. Que o Papai do Céu, seja seu eterno guia protetor.
    Vc merece!!!!
    Beijos.
    Marlene

    ResponderExcluir
  3. Chiste, obrigada. Vc sabe o quanto é preciso divulgar campanhas contra a corrupção. Abraço!

    Marlene,

    Ia ficar quietinha, mas já que falou, rs...

    Obrigada pelo carinho, super beijo!

    ResponderExcluir
  4. Que o Papai do Céu te cubra de bênçãos.

    Rodrigues

    ResponderExcluir
  5. Quanto à Assembléia Legislativa do Estado do Paraná, é mais um capitulo no descalabro em que sempre viveu o poder político em nosso País. Cabe aos ELEITORES o papel de banir da vida pública esses parasitas, nunca mais votando nos tais.

    Rodrigues

    ResponderExcluir
  6. Chiste, repassando:

    PERGUNTA QUE FICA NO AR, SE A CAMARADA DILMA FOR ELEITA: Quem vai representar o Brasil nas viagens internacionais aos Estados Unidos e aos 11 países onde "Ela" pode ser presa no próprio aeroporto onde desembarcar?

    No caso da Sra. Dilma ser eleita Presidente do Brasil, quem será a pessoa que irá aos Estados Unidos para a fala habitual na Assembléia Geral da ONU, ou para discutir com o presidente americano sobre questões de comércio, por exemplo?
    A Presidente não irá, com 100% de certeza.

    Então, repito a pergunta: Quem irá aos Estados Unidos no lugar dela?

    Bem, você deve estar intrigado com esta pergunta meio sem sentido, não é? Aqui vai a explicação:

    Dilma Roussef foi condenada nos Estados Unidos pelo seqüestro do embaixador norte-americano, na década de 60, juntamente com outras pessoas (por exemplo: Fernando Gabeira).

    A pena é bem grande e. consoante as leis americanas, não há como pensar em liberdade, seja ela condicional ou não.

    A questão secundária é que isto vale para outros 11 países. Muitos governantes de países periféricos já foram apanhados nesta armadilha e a maioria perdeu o cargo que ocupava, para satisfação da oposição local.

    Nós temos uma solução ideal para resolver esta questão: não elegê-la presidente. Desta maneira ela poderá escolher lugares muito confortáveis para viver o resto da vida como, por exemplo, Havana, em Cuba, ou La Paz na Bolívia, o que resolverá vários problemas: os dela e os nossos. Portanto, pare de imaginar que é implicância minha quando coloco na Internet a folha corrida policial desta senhora, cheia de crimes. Esqueça estes documentos e (se for o seu caso) continue com a sua fé inabalável nas qualidades desta mulher, legítima porta-voz da quadrilha do Sr. Lula da Selva. Mas... Se eu fosse você, começava a me preocupar com esta possibilidade. Já pensou se ela resolve fazer uma visitinha àquele cara simpático e ultrademocrático da Venezuela, o Hugo Chávez e, de repente, uma tempestade no Caribe obriga o avião a descer em Miami, que fica ali perto. Imagine a encrenca monumental que nem o presidente americano vai poder desfazer? Bem... Talvez você seja um sábio e tenha uma boa idéia para resolver a situação. Por isto volto a perguntar: Quem vai representar o Brasil nas viagens internacionais aos Estados Unidos e aos 11 países onde ela pode ser presa no próprio aeroporto onde desembarcar?

    ResponderExcluir
  7. Chiste, na qualidade de presidente da República da Banânia, ela poderia sim ser presa, assim como o foi Manoel Noriega, presidente do Panamá e ex-agente da CIA.
    Para evitar esse risco, ela seria representada pelo Ministro das Relações Exteriores ou pelo vice-presidente.

    Rodrigues

    ResponderExcluir
  8. solange alves ferreira27 de maio de 2010 17:37

    ola sou de nova aurora e gostaria muito de saber como faço para adotar uma criança ai do lar se puder me passe o endereço e como preciso fazer qualquer coisa me ligue 99193486

    ResponderExcluir

Obrigada por sua participação em meu blog!