quinta-feira, 26 de março de 2009

Obesidade reduz até dez anos de vida

Um IMC (índice de massa corporal) superior a 30 kg/m2 leva à diminuição da expectativa de vida em até dez anos. É o que mostra uma meta-análise realizada com 57 estudos e dados de quase 900 mil pessoas com idade média de 46 anos e divulgada semana passada naedição on-line do periódico "The Lancet". Pesquisadores da Universidade de Oxford (Reino Unido) viram que, em índices acima de 25 kg/m2, o acréscimo de 5 kg/ m2 eleva em 30% as taxas gerais de mortalidade. O trabalho também aponta que o IMC entre 30 e 35 (indicador de obesidade leve) foi responsável pela redução de dois a quatro anos na expectativa de vida e, entre 40 e 45 (obesidade grave), por de oito a dez anos. No Brasil, os riscos também são altos: 13% da população têm IMC acima de 30 e, portanto, são considerados obesos, de acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde. (Folha online) Leia mais

No programa Tudo de Bom desta quinta-feira, 26, o médico Oliveiros São Bonifácio Petracca Júnior falou sobre a obesidade mórbida, as implicações que decorrem de sua existência como o câncer, diabetes, doenças cardiovasculares, etc e sobre a cirurgia bariátrica, tida como a luz no fim do túnel para pacientes que sofrem com o excesso de peso. Petracca afirmou que o SUS deve atender ao pedido de credenciamento feito há anos nos hospitais de Cascavel para que a doença seja encarada como um problema de saúde pública, uma vez que atinge um número cada vez maior de brasileiros, levando-os inclusive, a morte. O médico paulista, residente em Cascavel há 12 anos, informa que na sexta-feira, 27, a partir das 19h30 haverá uma reunião informativa no Hospital Dr. Lima sobre Obesidade Mórbida, seus riscos e formas de combate. Para os interessados, segue o local do evento:

Hospital Dr. Lima - Rua Paraná, n° 2311 Cascavel - PR

Telefone (0xx)45 3225-3427

5 comentários:

  1. É um tanto perigoso afirmar que obesidade tira 10 anos da vida das pessoas. Por que tão taxativo assim? Por que não 15 anos? Deixem-me contar uma historinha: dois carros bateram de frente numa rodovia. Os dois motoristas morreram no choque. Em meio às ferragens retorcidas, lá estavam ao volante de um dos carros um sujeito obeso, de mais ou menos 45 anos. No outro carro, um velhote magro de mais ou menos 70 anos.
    Diagnóstico dos gênios do IML. O gordo morreu novo, aí concluíram que foi a obesidade que o matou...
    Claro que é apenas uma brincadeira, mas na realidade existe muito achismo nessa história de que obesidade causa tantos danos assim.
    Um exemplo de pessoa obesa que tem uma capacidade de trabalho fenomenal: Jô Soares.
    70 anos, workahólico, esbanjando mais saúde e agilidade corporal do que muito molecote por aí.
    Há pessoas para quem a gordura pode incomodar, como o chinês que transporta gente naquele riquixá ladeira acima pela cidade de Hong Kong...

    Zé do Coco

    ResponderExcluir
  2. Alguém aí que frequenta o blog da Soraia já foi ao enterro de um gordão?

    Zé do Coco

    ResponderExcluir
  3. Zé do coco, o que conta é a qualidade de vida que o gordo leva com suas limitaçõe.
    Realmente não pode ser tão taxativa, mas eu sempre digo na hora de justificar por que precisa perder o peso em excesso.
    Ex: um carro de passeio comum, comporta em media 5 pessoas, se colocar 7 pessoas, o carro (em geral) dura mais ou menos que tivesse carregado 5 pessoas? e se o carro tiver Km rodado, deve carregar menos ainda, capito?
    Até na hora de tomar remedios,ex: se for fazer um bolo usa-se 4 ovos, mas se vamos fazer 2 bolos devemos colocar 8 avos?
    Zé do coco, não tenta inventar a moda, "Prevenção" tenha peso ideal.com.br

    ResponderExcluir
  4. Hi, eu sei, estou apenas tirando um sarrinho em cima dos magrelos como eu. Estamos sempre tentando justificar nosso relaxamento com a saúde.
    O modismo não está em ser obeso e ganhar operação de estômago de graça em programas de auditório, mas esquelético, feito aquelas manequins magérrimas que volta e meia a imprensa relata sobre as que morrem de anorexia nervosa. Eu nunca vi um gordo reclamar de coisa alguma.
    O gordo é aquele que ultrapassa 10% a massa corpórea ideal para sua altura.
    Um gordão certa vez se gabou de passar a perna por cima da cabeça e cantou mais vitória ainda por eu, sendo magro, não conseguir.
    Quando lhe mostrei o laudo médico de que eu tinha desvio na coluna causado por uma hérnia de disco, aí ele moderou. Ele morreu alguns anos depois, eu vivi mais 40, mesmo tendo hérnia de disco...

    Zé do Coco

    ResponderExcluir
  5. Moral da historia.....

    ResponderExcluir

Obrigada por sua participação em meu blog!