quarta-feira, 6 de maio de 2009

Agora os ratos querem embarcar no navio...

Depois da postagem de nosso amigo Rodrigues - Paraná - sem leme nem rumo - percebemos após alguns dias uma movimentação estranha, principalmente a partir de Maringá, de institutos sem qualquer tradição no ramo, publicando na imprensa paranaense pesquisas que têm o estranho hábito de omitir o nome do Senador Álvaro Dias como candidato NATO ao governo do Estado. Isso quando simplesmente não o colocam em último lugar em qualquer projeção, traindo assim a tendenciosidade dos encomendadores de tais pesquisas. Causa-nos estranheza que tais institutos, controlados por políticos daquela região do Paraná, embora tendo como testas de ferro pessoas sem nenhuma expressão política nem, como dissemos, TRADIÇÃO em pesquisas de opinião a qualquer título ou pretexto, tenham tido acolhida na imprensa paranaense como expressão da vontade popular; isso quando nós mesmos, aqui no blog, contando com a colaboração de amigos avessos ao cheiro do incenso da vaidade, insistem em nos alertar que tais pesquisas são compradas; constatamos, sem nem mesmo fazer uma pesquisa de cunho científico, resultados diametralmente opostos aos apresentados por aqueles institutos. O próprio Senador Álvaro Dias estranhou essa movimentação de institutos surgidos do nada, da noite para o dia, e que apresentaram pesquisas que já nasciam comprometidas em sua origem, de vez que suprimem o nome dele como possível ganhador por maioria absoluta de votos em várias frentes no Estado do Paraná. Sabemos o que há por trás dessas pesquisas fajutas: o mero interesse pelo poder, sem consulta à vontade do povo paranaense, a tentativa de criar uma nova corrente suprapartidária que contemple apenas interesses pessoais danosos aos interesses do Estado. Não foi por outra razão que insistimos com o Senador Álvaro Dias, aqui neste blog, para que definisse desde logo sua candidatura, em nossa postagem O que vem agora, Paraná? Apenas uma pergunta... do dia 2 do corrente. Isto porque as nossas suspeitas se vinham confirmando quanto a articulações de bastidores com o objetivo de isolar do processo sucessório estadual o Senador Álvaro Dias. Fazemos novamente este chamamento ao Senador porque há sem dúvida alguma essa tentativa de excluí-lo rasteiramente e outra explicação não encontramos para tais atitudes além dos interesses escusos que serão contrariados quando as urnas forem abertas e for ele consagrado vitorioso. E o que adviria disso? Para eles que utilizam meios escusos para minar sua candidatura, a derrota, sem sombra de dúvida. Mas para o Paraná a certeza de termos de volta um governador que deixou atrás de si um saldo positivo de realizações em prol da Educação, da Saúde e da Segurança, tripé que realmente consagra qualquer político na preferência popular. E esse tripé, sabemos todos, está seriamente comprometido, viciado, porque se perdeu o norte que resgataria o Paraná da situação de descalabro institucional em que se encontra. Não por outra razão, conclamamos Álvaro Dias a se definir e postular sua candidatura ao governo do Estado nas eleições vindouras. Menos não podemos admitir para o Paraná, que merece um choque de qualidade administrativa e institucional.

VOLTE, GOVERNADOR ÁLVARO DIAS!

19 comentários:

  1. Soraia, como disse Caio Julio Cesar, às margens do Rubicão, pronto para invadir a Gália: A sorte está lançada.
    Prestamos aqui no seu blog um tributo de confiança ao Senador Álvaro Dias que, se não for candidato ao governo do Estado, certamente apresentará motivos plausíveis mas que não chegará ao ponto de nos sugerir votar no seu irmão, cuja candidatura não pode prosperar.
    Detesto a simples sugestão de que teremos, por tabela, um lula-da-silva qualquer mandando no Paraná, porque é o que Osmar Dias é, aliado dos lulas-da-silva.

    Rodrigues

    ResponderExcluir
  2. Eu to boiando! O que foi que eu perdi? Pra mim tá claro e cristalino que o nº 1 nas pesquisas é o Álvaro! Tem boi na linha???

    Fernanda

    ResponderExcluir
  3. Quanto mais penso em manter a esperança, mais os anti-progressistas aprontam. É como se conspirassem contra o Estado do PR. Quando saberemos de fato se o senador Alvaro Dias será candidato?

    Professora Aposentada - PR

    ResponderExcluir
  4. Os alvaranistas estão alvoroçados com medo de que? Se o senador está com essa bola toda ñ precisa ter medo de pesquisa nenhuma!

    ResponderExcluir
  5. Anônimo, o ponto é: - queremos o bem do Paraná. O senador nós conhecemos, assim como conhecemos quem são seus adversários.
    Se é que me entende.

    Rodrigues

    ResponderExcluir
  6. Andei vendo nos jornais da região:
    1.Osmar é candidato
    2.Alvaro não competiria com irmão
    3.na pesquiza "dizem" que beto está na frente do Alvaro na preferencia...

    Tem fundamento nisso tudo? ou apenas são boatos???
    Só queria saber.

    ResponderExcluir
  7. Hi, boatos
    Até o momento Álvaro Dias não se manifestou em caráter definitivo.
    Se Beto se meter a besta, vai perder. Ele quis a reeleição para prefeito de Curitiba, então cuide da cidade que até agora deixou de lado pra ficar passeando.
    Quem quer votar num sujeito relapso como esse?

    Rodrigues

    ResponderExcluir
  8. Fernanda, querida... Tem uma boiada, mas o povo do PR não é gado, portanto, vamos esclarecer e informar na medida do possível sobre o que andam articulando para fraudar o real desejo do eleitor. Bem vistas as coisas, é só fazer o devido cálculo para perceber que o eleitor aponta para um candidato, qual seja, Álvaro Dias e os "números" revelam outro - isso quando não suprimem o nome do melhor Senador da República, eleito (de novo, por que será?!) em 2009.

    ResponderExcluir
  9. Sou de Foz. Na véspera do primeiro de maio o Beto Richa apareceu aqui em sua reluzente BMW.
    Encontrei-o à noite na boite. Pode isso? Não tem estatura para governar o Paraná com tantos problemas

    Paola

    ResponderExcluir
  10. ,Soraia, Rodrigues ,etc…
    Já há algum tempo anunciei a disposição de disputar a eleição.Comuniquei oficialmente à direção estadual e nacional do meu partido. Condicionei minha candidatura à aceitação popular. pois defendo a tese de que a população é quem deve escolher e o partido homologar. Aliás, não por é outra razão que nos EUA existem as primárias. Como o DATA FOLHA na primeira pesquisa respeitada realizada no Estado , me coloca com a melhor situação eleitoral , reiterei minha disposição.
    À direção nacional informei quais seriam meus aliados e de que forma comporiamos o palanque do candidato à Presidência do nosso partido. Aguardo a definição partidária ,que espero ocorra o mais rápidamente possivel.
    Disposição não me falta, mas dependo da homologação partidária.
    Agradeço a todos que atravéz desse blog , a exemplo do que fazem a Soraia e o Rodrigues, me encorajam e me convocam à responsabilidade.
    Abraços
    Alvaro Dias

    ResponderExcluir
  11. Por aqui em MG também se ouve que Álvaro Dias está cedendo o espaço(candidatura ao governo), para o irmão Osmar.

    ResponderExcluir
  12. Vejam a pesquisa da Radio Integração

    ResponderExcluir
  13. Senhor Senador, ocorre que a Executiva aqui no Paraná deveria a meu ver ser submetida a intervenção da Executiva Federal ou do Tribunal Regional Eleitoral, porque não foi sinalizado nada no Estado do Paraná a respeito de V. Excia. ter manifestado seu desejo de se candidatar.
    O que é um direito líquido e certo de V. Excia. e do eleitor que espera a sua candidatura.
    Dizem que o nome disso é democracia. Mas, será que a Executiva paranaense sabe o que significa esta palavra?

    Rodrigues

    ResponderExcluir
  14. CHISTE, disse:

    Precisamos alterar o "Ordem e Progresso" para "Vergonha na Cara", bandeira que precisaria ser desfraldada pela maioria dos nossos "representantes" (representantes entre aspas)

    ResponderExcluir
  15. sylvio sebastiani8 de maio de 2009 12:00

    Soraia, inicialmente lí seu perfil, está faltando em seus livros, "Governadores do Paraná-A história por quem construiu a história",que após entrevistar 16 ex-governadores, juntamente com meu grande amigo, já falecido, ex-senador Enéas Faria, colocamos as entrevistas neste livro, de arrumarei uma maneira de coloca-lo em suas mãos. Quanto a indignação sobre a tal Pesquisa, me faz lembrar periodos anteriores que existia uma tal de IPP, na coluna política da Gazeta do Povo, que era uma farsa,colocando "fulano" com tantos votos e recebiam algumas vantagens para esse "serviço". Soraia,eu estive na última reunião do PSDB, quando pedindo a palavra o Senador Álvaro Dias disse que colocava seu nome para ser candidato à Governador, ocasião em que o Prefeito Beto Richa, disse que precisava esperar mais um pouco, pois teria que renunciar seu mandato, de 2 anos e oito meses, não confirmando sua candidatura. Portanto ficou declarado que o Senador Álvaro Dias é pretendente candidato à Governador do Paraná.Assim sendo, Pesquisa nenhuma, séria ou não, pode deixar de incluir seu nome perante a opinião pública.Uma coisa é verdadeira, se for pela vontade dos dirigentes do PSDB, Álvaro Dias não será candidato à Governador, ele não obtem votos da Direção do Partido, pois o mesmo foi organizado "cartorialmente", assunto que conheço muito bem, portanto posso garantir como isso funciona.Assim é clara a situação do Senador, somente com imposição popular, por meio de uma Pesquisa "séria" poderá leva-lo à disputar este cargo, ou uma mudança de Partido se houver a chamada, "janela" que poderá ocorrer na reforma política, até fins de setembro. Mas vamos lembrar seu passado, para os eleitores que se esqueceram ou os novos que é de fato um número elevado:"O Senador Álvaro Dias, foi vereador de Londrina, deputado estadual, deputado federal por dois mandatos,sendo o mais votado, Governador e com 3 mandatos de Senador da República".Importante também, para comprovar seu periodo de governo, que ele elegeu seu sucessor em 1990, que foi o então desconhecido Roberto Requião,o que é muito dificil eleger sucessor, é comum ser reeleito, pois ele, governante está no Poder, com a maquina em suas mãos, para uso e abuso.Para concluir,faço lembrar da última eleição,em 2006 para Senador, onde arrumaram uma moça muito bonitinha, simpática, com um sorriso agradável, mulher de um Ministro de Estado, para com total apoios do Presidente Lula e do Governador Requião, que "disputavam " reeleição,do Presidente da Assembléia Legislativa, com todos os 54 deputados, do Vice-Prefeito de Curitiba usando a maquina da Prefeitura, a maioria dos Prefeitos e vereadores do Paraná, e até o proprio partido, o PSDB,para derrotar o Senador Álvaro Dias.E com tudo isso,com todas essas forças politicas e econômicas de Governos, não ganharam a eleição para o Senado Federal. Foi reeleito o Senador Álvaro Dias. Portanto é provado e comprovado, que o Senador detém no Paraná, um minimo de 40% dos votos, para decidir uma eleição para o Governo do Estaddo. Tem que ser respeitada a sua liderança no Estado.E os políticos sérios, que ainda existem alguns, devem e tem Direito "mandar" ser realizado Pesquisas, mas incluindo o nome do Senador Álvaro Dias, que tem confirmado sua disposição de ser candidato ao Governo do Estado do Paraná.Agradeço Soraia por incluir meu comentário!

    ResponderExcluir
  16. Sr. Sylvio,

    É sempre uma alegria contar com seus comentários pertinentes neste espaço. A agradecer quem tem por obrigação sou eu, por sua contribuição e palavras bem colocadas. Quanto ao livro supracitado, será de extrema valia na caminhada de conhecimento sobre o estado do Paraná! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  17. Soraia, sem a menor sombra de dúvida as intervenções do Sr. Sylvio Sebastiani são das mais oportunas, porque poucos como ele reúnem tanto conhecimento sobre o cipoal em que se converteu a política no Paraná e o conhecimento enciclopédico desse cidadão tem de ser registrado como fonte insuspeita sobre o nosso Estado.

    Rodrigues

    ResponderExcluir
  18. O que ocorre no Paraná, é que antigas raposas são orientadores, gurus de algumas candidaturas. Não aceitando a liderança do governador Alvaro Dias e a sua sinergia com a maioria da população paranaense, tentam a todo custo bancar candidaturas contra o Alvaro.
    Tais lideranças todas de bico longo, que andaram em várias garupas do poder ao longo dos anos, guardam seus ódios na geladeira.
    O Paraná não só precisa do Alvaro Governador, como lhe deve esta nova oportunidade.
    Campeão de votos em todas as disputas que enfrentou, cometeu erros políticos, mas nunca traiu a confiança do povo do Paraná, por isto este desempenho fantástico.
    Alvaro novamente governador, teremos a oportunidade de unirmos o Paraná e recolocá-lo nos trilhos.
    Alvaro é um dos poucos políticos que conhece os companheiros de cada município e os chamam pelo nome.
    Sempre se faz presente quando solicitado, pessoa de trato fácil e trata a todos com todo o carinho e respeito.
    São estas as premissas que incomodam a muitos, mas que o PSDB Nacional haverá de se posicionar de forma sábia, ou o Alvaro será instigado pelos companheiros e amigos, a se abrigar em nova casa.
    Tetos para tal é o que não faltam.
    Carlos Alberto Cotta

    ResponderExcluir
  19. Carlos Alberto Cotta, tenho certeza de que a Soraia aprovará que diga que suas ideias em relação ao Senador Álvaro Dias se afinam com nossa proposta para o Paraná. Pessoalmente já lancei a alguns partidos que dispões de Executiva aqui no Paraná que lhe estendam o convite para se filiar, entre eles o PPS. Cabe notar que praticmaente todos os partidos têm aquele ranço cartorial e se fecham em torno de candidaturas próprias, embora não disponham de cacife para enfrentar uma eleição sequer para prefeito. Vamos aguardar que os partidos maiores acordem para a existência dessa alternativa excepcional de ter Álvaro Dias como cabeça de chapa.

    Zé do Coco

    ResponderExcluir

Obrigada por sua participação em meu blog!