sábado, 6 de novembro de 2010

Alô, Parlamentares

O Brasil é o País das Maravilhas mesmo... Para poucos eleitos! Nossos parlamentares, ministros e presidente deveriam tomar VERGONHA NA CARA e esconder o rabinho entre as pernas ao se deparar com o exemplo do sistema sueco. Pagamos para mantê-los em Brasília, mas ONDE ESTÁ ESCRITO QUE DEVEMOS PAGAR SEU LUXO, SEUS EMPREGADOS, ASSESSORES E AFINS?

12 comentários:

  1. Soraia, não pode. Parlamentar brasileiro não tem direito algum por lá. Na Suécia se trabalha. E eles não gostam de saprófitas. A não ser as espécies vegetais...

    Zé do Coco

    ResponderExcluir
  2. Soraia, está chegando o momento em que nós poderíamos nos reunir numa chácara, você, eu, seu doce amado, a minha cara-metade, alguns amigos mais chegados e determinados frequentadores do blog, para ampliarmos os horizontes em torno do que poderia ser nossa meta de oposição (ostensiva ou velada)e discutir os rumos a imprimir a nosso trabalho. Claro que poderíamos deixar o blog para coisas mais açucaradas (até receita de bolo poderíamos publicar) mas o trabalho social mesmo do grupo ficaria para discussão em reservado na chácara.
    Você poderia levar o coronel, convidar o sargento e o tenente e eu me encarregaria de um ou outro dos meus companheiros de ação maçônica e os respectivos familiares.
    Que tal?

    Rodrigues

    ResponderExcluir
  3. Rodrigues teve uma excelente idéia. Alguns jornalistas gostariam de participar, certamente, pessoas ávidas por participar de uma ação mais efetiva!

    MUCHIBA2.0AGORA

    ResponderExcluir
  4. Ou temeriam se expor?

    ResponderExcluir
  5. Vou pensar sobre o assunto, Soraia. Haverá quem não queira, por justas razões, se expor.

    Rodrigues

    ResponderExcluir
  6. Rodrigues

    Gostei da sugestão e por incrível que pareça ontem mesmo comentei algo a respeito com um colega. Combinávamos de reunir algumas pessoas aqui em casa para discutir sobre a situação da PEC do diploma (jornalistas) e outros assuntos ligados a política. Aí o senhor aparece com essa ideia, como disse o Muchiba, excelente. Considere aceita. Quanto aos riscos de se expor, quem não for capaz de defender seu posicionamento político, que vá morar em Cuba.

    ResponderExcluir
  7. Muchiba

    Sei que conhece muita gente do meio (comunicação). Que tal mobilizar estas pessoas?

    ResponderExcluir
  8. Soraia, claro, tive a ideia por coincidência em cima de coisas que você já vem cogitando. E a ideia seria calcada exatamente em cima dessas questões pontuais, no caso vertente a PEC do diploma universitário de Jornalismo.
    Agora, mudando de saco pra mala, você já viu este site?
    http://tudoporsaopaulo2010.blogspot.com/
    É mais um movimento, ou um fogo de palha? Não sei, o fato é que no Estado de São Paulo, onde nasci, existe essa mágoa sim. E, curiosamente, acirrou-se depois que surgiu o fenômeno Lula. Aliás, esse "fenômeno" é extremamente desagregador e mentalmente insano.

    Rodrigues

    ResponderExcluir
  9. Aiai...

    Deveria mandar eles pro Irã; Fidel já está velho; Ahmadinejad, e os Aiatolás, podem cuidar melhor deles ( delas então... hehehe).

    Será que o clubinho de oposição vai sair? Acho que vai ficar só na WEB mesmo. RSRS...

    ResponderExcluir
  10. Clubinho quem tem é malandro, petralha, que se reúne com os "cumpanhêro" pra estudar a melhor forma de tirar dinheiro do povo brasileiro. Pq se esconde no anonimato e não dá a cara a tapa, petista do sorrisinho medíocre?

    Jota/CVEL

    ResponderExcluir
  11. Chiste, diz:

    Na falta de dinheiro para a Saúde, "em vez de cortar gastos supérfluos com a companheirada, torrar a grana em ôba ôba, usa-se o caminho mais fácil: ataca-se o bolso do "cliente" e volta com a CPMF. Saimos da campanha eleitoral com tantas promessas e voltamos à realidade de pagar mais impostos.
    Nesse contexto, o vale cultura até que caí bem. Serve de circo.

    O Brasil virou o país do circo.
    É...O Brasil virou o país do circo.
    Mas não do circo substantivo..
    É o circo adjetivo... (Luciano Pires)

    O palahaço quem é??? É o povão !!!


    A Receita cresceu 2 CPMFs, mas o gasto da saúde foi igual.

    ResponderExcluir
  12. O TCU recomendou a paralização de 32 obras do Governo Federal, caso o Congresso venha a seguir a recomendação,a economia para os cofres públicos seria de R$ 2,6 bilhões.

    A obra com maior número de irregularidades (contratos super faturados) foi a de Modernização da Refinaria Presidente Getúlio Vargas, NO PARANÁ (fiquem de olho).

    O número de obras com constatação de irregularidades vem diminuindo. Para se ter uma idéia,no último ano de Governo Tucano(FHC), foram 120.

    Fiz esse comentário sobre irregularidades em obras do Governo Federal, pelo simples fato, de que esse tipo de "crime" chega ao entendimento do povo(alheio aos negócios políticos, e deveriam ser melhor fiscalizados. Questões como a CPMF, devem ser debatidas e questionadas, porém, não chegarão ao entendimento da maior fatia da população, já que esse imposto nunca "doeu", de fato,no bolso da maior parte dos trabalhadores brasileiros.

    Fiz questão de mostrar que o número de irregularidades era maior no governo Tucano,pois apresentar a população brasileira um nome do PSDB, como eventual resgate da ética e moralidade na política brasileira, é um geande erro, já que nosso povo sempre teve, infelizmente, como principal referências de um governo: corrupção e descaso com a população.O PT fez o povo "esquecer", ou "desconsiderar" isso, com melhorias imediatas na vida dos mais desfavorecidos, tornando assim muito fácil a missão de se apresentar para o mesmo, como um Governo Solidário, e FIXAR essa imagem, como sua principal característica, no cérebro da maior fatia da população do Brasil. Tal FIXAÇÃO não foi somente na cabeça dos mais carentes, mas, também na dos SOLIDÁRIOS, incluso um grande números de intelectuais, e seres independentes.

    Colocando de forma bem simplória, atualmente, para o POVO de nosso país, a leitura é essa: PT = Solidário aos desfavorecidos x PSDB e aliados = Descaso popular.Isso foi o que as urnas nos disseram. Levando em conta o grande número de abstenções,nas mesmas urnas que elegeram Dilma,chega-se a simples conclusão de que a única possibilidade de tentar, DE FATO, derrotar o PT, seria com a proposta de uma coisa nova, o que está muito difícil de se apresentar.

    Enfim, a verdade é que aqueles que hoje são oposicionistas não conseguem "falar a mesma língua" da maior fatia da população,e inconscientes disso, se apresentam a ela como SOBERBOS. E felizmente, enquanto continuarem a fazer oposição dessa forma, e continuarão, pois são desprovidos de "humildade", teremos mais quatro anos de GOVERNO DO PT. E depois mais quatro... e mais quatro... e mais quatro... AD ETERNUM!

    ResponderExcluir

Obrigada por sua participação em meu blog!